Grandes Relatos

11 de Setembro

Daí ontem, eu comentando com a minha turma de pré / adolescentes:

– Bah, 11 de Setembro… Lembro direitinho do lugar que eu tava quando recebi a notícia das torres gêmeas… Vocês lembram?
– Eu tava na barriga da minha mãe, profe.
– E eu nem pensava em nascer ainda.

Valeu pessoal.

Grandes Relatos

Pré Sephora

Preciso contar essa, mesmo que com alguns dias de atraso.

Pisei no shopping JK e ansiosa pra conhecer a Sephora fui direto perguntar ao segurança:

“Onde fica a Sephora??”

Ele me responde:

“SeFora ou SeDentro?”

HA. HA. HA. ¬¬

Grandes Relatos

Tal como Velha.

Levei a turma da terceira idade para um passeio na serra.
Após almoçarmos um maravilhoso café colonial, desci a pequena encosta, onde o restaurante se encontrava, para pedir ao motorista que subisse com o ônibus para buscar as senhoras.
Assim que terminei de falar com ele e voltaria a subir tudo de novo, avisto todas minhas alunas descendo calmamente a encosta com paralelepípedos irregulares.
Subi rápido:
– Meninas! Eu pedi para o ônibus subir para ficar mais fácil pra vocês!
– Ah tá né, nos matou o ano inteiro na aula, agora quer nos chamar de velha?!

Grandes Relatos

Baratinha atrevida

Voltando de uma festa recebo uma mensagem do meu irmão:

Maninha amada, se fu***. Tinha uma barata na tua escova de dentes. Tentei matá-la exaustivamente. Ela fugiu porém selei o banheiro com panos porque eu tinha que sair.

Chego em casa, soluciono o caso e respondo:

Pois veja só que atrevimento da baratinha, ela estava bem em cima da pia quando cheguei. Lamentavelmente (para ela) ela veio a falecer esmagada por um pé de Havaianas. As legítimas.

Grandes Relatos

Abençoada

Post atrasado, mas vale a boa intenção:

Cheguei na rodoviária e sentei do lado de uma senhora de aparência humilde.
Alguns minutos depois o ônibus dela chegou e enquanto ela se levantava e pegava as bagagens, achei que me olhava como se quisesse me dizer alguma coisa.
Aí ela deu dois passos em direção ao ônibus, parou, virou pra mim e disse:
– Tchau, fica com Deus.

Grandes Relatos

Tele-Entrega

Bateu a vontade de comer algo quentinho e da rua. Nesse frio é ruim ter que sair pra buscar comida, então a tele-entrega me pareceu uma boa opção.
Aí entrei no site e olhei o número. Liguei.
– Se você deseja fazer um pedido tecle 2, se deseja informações sobre a tele-entrega tecle 3, se você…
[2]
– Digite o seu CEP
[xxxxx-xxx]
– Aguarde um instante…
[Musiquinha infernal]
– Tele-entrega, boa noite.
– Boa noite, eu gostaria de fazer um pedido.
– Qual o seu estado?
– (???) RS
– Qual a cidade?
– [Resposta]
– Qual seu CEP?
– (Eu já não tinha digitado ele???) [Resposta]
– Você já tem cadastro?
– Não.
– Se importaria em fazê-lo?
– (Tenho outra opção? Qualquer coisa pra não sair nesse frio) Não, tudo bem.
– Qual seu nome completo?
– [Resposta]
– Me confirma seu endereço. É Rua…
– Isso mesmo.
– Qual o número?
– [Resposta]
– Qual seu CPF?
– (Hein?!) [Resposta]
– Então seu endereço correto é Rua…
– Isso, isso mesmo.
– Hm, a unidade que faz entregas para a sua região faz entregas só até as 21h e agora são 22h30.
– Ah, brincou.
– Não, pois é.
– Hunf.
– Mas pelo menos seu cadastro já está feito!!!

Fim da ligação.

[Raiva]

– Ô manooooooooooooo, sai comigo ali pra buscar comida???

Grandes Relatos

Paquita

Mariana*, 13 anos, me dizendo porque não tinha vindo na minha aula logo mais cedo:

– É que teve apresentação da gincana e eu fui Paquita.
Aí eu ouço outras duas alunas da mesma idade se questionando dentro do vestiário.
– Paquita??
Acreditem, foi maior que eu:
– Gurias, por favor, me digam que vocês sabem o que é uma Paquita.
– Não…
Aí se não bastasse aquele pequeno momento que eu senti os anos que se passaram, a Mariana se atravessa no meio e diz:
– Ãããi, claro que vocês sabem, Paquita era tipo as Pampacats da Xuxa!!!

Deixo os comentários pra vocês.

* Nome fictício

Grandes Relatos

Ah, se fosse fácil assim.

Vejo a letra do meu irmão na lista do super. Em baixo de “ovos” e “leite” está “Lamborghini Diablo”.
E eu aqui batalhando pra conseguir um iPod ou um Netbook… Se eu soubesse que podia ser fácil assim…